Matilde Rosa Araújo

5 comentários





Matilde Rosa Araújo, a escritora que "revolucionou a literatura infanto-juvenil através de uma escrita singular", deixou-nos hoje, aos 89 anos de idade.

Destacou-se por uma vida dedicada aos problemas e aos direitos das crianças. Temáticas que se reflectiram na obra de Matilde Rosa Araújo, que abordou a infância em três perspectivas base: a infância feliz, a infância agredida e a infância como projecto.

A sua obra perdurará nas nossas memórias!



O Berlinde


Era uma vez uma pomba
Sem um ninho, sem um pombal,
Era branca como a Lua
E os seus olhos de cristal.

Era uma vez uma pomba
Que não sabia chorar:
O seu choro trrru… trrru…
Era um modo de cantar.

Era uma vez uma pomba
Que noite e dia voava:
Fosse noite, fosse dia,
Nunca a pomba descansava.

Era uma vez uma pomba
Que nos céus, longe, voava,
Seu coração um berlinde
Grande segredo guardava.

Era uma pomba tão estranha
Que voava noite e dia:
Quanto mais alto voava
Mais da terra ela se via.

Era uma vez uma pomba
Com penas de seda real:
Era uma pomba do Mundo
Com seus olhos de cristal.

Seu coração um berlinde
De vidros de sete cores,
Que do sol tinha o brilhar,
Um espelhinho de mil flores.

Um dia longe nos céus,
Viu um menino a chorar
Sentadinho sobre um monte,
Numa noite de nevar.

Não era branco nem negro
Assim na neve o menino,
Seu chorar era triste,
Tornava-o mais pequenino.

E a pomba logo o viu
Com seus olhos de cristal:
Logo desceu para o monte
– Era aquele o seu pombal.

Poisou nas mãos do menino
Com seu corpo, seu calor:
Mãos por debaixo da neve,
Ninguém lhes sabia a cor.

Dorme, dorme, meu menino…
Branco ou negro tanto faz:
Meu coração é um berlinde,
Tem o segredo da Paz.

E o menino já ria,
Podia dormir sem medo,
Sonhava com o berlinde,
Coração feito brinquedo.

Há quem diga que uma estrela
Fugiu do céu a correr,
Atravessou todo o mundo
Para o segredo dizer.

Escutaram-na os meninos,
Têm um berlinde na mão:
Seja noite de Natal,
Seja noite de S.João.

Matilde Rosa Araújo

A Maior Flor do Mundo

0 comentários

Ruth Navas, professora Bibliotecária da ESEN, partilhou esta curta-metragem de animação baseada no livro «A Maior Flor do Mundo», de José Saramago. De Juan Pablo Etcheverry, com música de Emilio Aragón. Produção de Continental Animación.



Não posso deixar de a publicar!

Obrigada, Ruth!



http://vimeo.com/3691184

JOSÉ SARAMAGO - Nobel da Literatura Portuguesa

0 comentários

José Saramago, escritor laureado com o Nobel da Literatura em 1998, morreu hoje, 18 de Junho de 2010, aos 87 anos.

Saramago nasceu na aldeia de Azinhaga (Golgã) a 16 de Novembro de 1922.

Ao longo da sua vida foi jornalista, escritor, desenhador, funcionário da Saúde e da Providência Social, editor e tradutor.

Publicou o primeiro livro em 1947, "Terra do Pecado", mas a segunda obra só chegou em 1966.A partir de 1976 dedica-se exclusivamente à literatura e tem o seu maior sucesso comercial com "O Memorial do Convento".

Em 1983, Saramago foi agraciado com o Prémio Camões, o mais importante prémio da literatura portuguesa.O livro "Ensaio sobre a Cegueira" foi adaptado para o cinema em 2008 pelo realizador brasileiro Fernando Meirelles.Casado com Pilar del Rio em segundas núpcias, tem uma filha e dois netos do primeiro casamento"

A Literatura Portuguesa está mais pobre!

portugasdugard-Musicas infantis 1

1 comentários

Para se entreterem este fim de semana!

Cativar

0 comentários

Lindo! Prestem muita atenção!